Ciência e Sociedade
Notícias

Projeto 13 – Capacitação de Saúde Mental para Professores do Ensino Fundamental e seu Impacto no Desempenho Escolar

Projeto 13 – Capacitação de Saúde Mental para Professores do Ensino Fundamental e seu Impacto no Desempenho Escolar 150 150 admin

Capacitação de Saúde Mental para Professores do Ensino Fundamental e seu Impacto no Desempenho Escolar

 

Nos últimos anos, tem havido um aumento da preocupação com os problemas de saúde mental na infância e adolescência e a pouca disponibilidade de atendimento adequado para esses quadros (Belfer, 2008; Saxenaet al., 2007), principalmente em países em desenvolvimento (Patel et al., 2008). Em torno de 10 a 20% das crianças e adolescentes na América do Sul necessitam de cuidados profissionais em centros de saúde mental (Duarte et al., 2003). A situação no Brasil é particularmentealarmante, se considerarmos a proporção continental do país e as claras diferenças culturais entre as regiões. Existem poucos profissionais especializados, recursos e centros destinados ao atendimento dessa população (Paula et al., 2006). A falta de profissionais especializados e o grande número de crianças e adolescentes que necessitam de cuidados tornam as intervenções em escolas ou em serviços de atenção primária especialmente úteis (Patel et al., 2007).

Este estudo tem como objetivo desenvolver e testar a eficácia de uma estratégia de psicoeducação para professores e educadores da rede pública de ensino, visando a identificação precoce de sintomas dos transtornos psiquiátricos mais freqüentes na infância e adolescência, a aquisição de habilidades para abordagem adequada desses quadros em sala de aula e o encaminhamento para tratamento quando necessário. Com o objetivo de verificar a melhora na capacidade dos professores identificarem transtornos mentais em crianças, eles serão solicitados, antes e depois da capacitação, a preencher uma relação dos alunos que suspeitam de transtornos mentais. Em paralelo os pais de todas as crianças serão solicitados a preencher o SDQ*, de forma a podermos comparar com as indicações feitas por eles com a dos professores.

Está sendo desenvolvido um piloto em Santo Antônio do Pinhal onde todos os professores da rede pública de Ensino Fundamental I serão capacitados. Após a implantação no grupo piloto e com os ajustes finais no material, será a vez dos professores de Fundamental I das escolas públicas de Campos do Jordão.

O ambiente educacional é composto porvideos, tutorial orientando professores sobre o preenchimento do SDQ* e um guia de orientação para professores em Saúde Mental. Os principais tópicos abordados no instrumento da capacitação são: objetivos da capacitação; definição de saúde mental; importância de falar sobre saúde mental na infância e adolescência;importância da identificação precoce de transtornos psiquiátricos; estigma e suas consequências; desmitificação do uso de medicação psiquiátrica; entrevistas com familiares de crianças com transtornos psiquiátricos, psiquiatras da infância e adolescência eum paciente diagnosticado tardiamente;sintomas dos principais transtornos psiquiátricos encontrados em crianças e adolescentese orientações simples de manejoem sala de aula para professores.

* O SDQ (StrengthsandDifficultiesQuestionnaire) é um questionário simples para levantamento de comportamentos indicativos de risco para desenvolvimento de transtorno psiquiátrico em crianças e adolescentes. Tem uma versão especificamente desenvolvida para preenchimento de professores e pais.

Equipe:

Investigador Principal

Guilherme V. Polanczyk – http://lattes.cnpq.br/6679560433289862

Pesquisadora Executante

Celina Andrade Pereira – http://lattes.cnpq.br/0669816272123791