Notícias

Curso Alerta a riscos de Saúde Mental decorrente do uso de redes sociais e smartphones

11/10/2018

INPD e Telemedicina FMUSP, pelo Eixo de Transferência do Conhecimento para a sociedade, lançam curso por educação interativa digital voltado a jovens, pais e professores com o objetivo de debater o comportamento nas redes e desenvolver o senso de responsabilidade digital. As inscrições (gratuitas) vão até dia 04 de novembro. O curso será ministrado entre 05 de novembro e 15 de dezembro.

Segundo dados apontados na pesquisa TIC Educação 2017, pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), 40% dos professores de escolas localizadas nas áreas urbanas já ajudaram algum aluno a enfrentar situações desconfortáveis ocorridas durante o uso da Internet, tais como bullying, discriminação, assédio e disseminação de imagens sem consentimento. Grande parte dos coordenadores pedagógicos (16% das escolas públicas e 96% das particulares) afirmou que as instituições promoveram atividade de orientação aos alunos que enfrentaram esse tipo de situação. Apesar disso, o estudo constatou que apenas 18% das escolas públicas e 41% das privadas realizaram palestras, debates ou cursos sobre o uso responsável da internet nos últimos 12 meses.

Pelo Eixo de Transferência do Conhecimento para a Sociedade, o Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento para Crianças e Adolescentes (INPD) juntamente com a Telemedicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo desenvolvem um conjunto de materiais educacionais sobre o tema.

Considerando os crescentes problemas gerados pelas mudanças comportamentais e de saúde mental nos jovens e adolescentes em decorrência do uso de smartphones e redes sociais, foi priorizado o desenvolvimento do Curso Alertas a riscos de saúde mental em jovens decorrente do uso de redes sociais e smartphones, como primeiro ciclo de educação interativa digital (EID). O objetivo é conscientizar jovens e seus responsáveis sobre os perigos envolvendo tecnologias de comunicação, além de desenvolver o senso de responsabilidade e boas condutas. Outro grande destaque do curso é o ensino dos mistérios do cérebro e neurociência utilizando o Homem Virtual (comunicação dinâmica e dirigida em 3D).

É preciso lembrar que a temática do curso também pode ser implantada no formato Jovem Doutor de Aprendizagem em Saúde, como ocorreu nas cidades de Santos (São Paulo) e Balneário Camboriú (Santa Catarina) neste ano.

Curso: Alertas a riscos de saúde mental em jovens decorrente do uso de redes sociais e smartphones

Quando: 05 de novembro a 15 de dezembro

Carga horária: 10 horas

Modalidade: Ensino Interativo Digital

Para quem: público geral, jovens, professores e responsáveis.

Como se inscrever: http://jovemdoutor.org.br/inpd

Devido a grande procura, o prazo de inscrição foi prorrogado até 11 de novembro.