Ciência e Sociedade
Notícias

James McCracken, da UCLA, fala sobre genética para psiquiatria no IPq

James McCracken, da UCLA, fala sobre genética para psiquiatria no IPq 150 150 admin

Por Victória Cirino

O professor James McCracken da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) visitou o Instituto de Psiquiatria (IPq) nos dias 6 e 7 deste mês. Além de fazer uma apresentação voltada para residentes sobre as mais recentes pesquisas envolvendo o uso da genética na psiquiatria, McCracken se reuniu com membros do Instituto Nacional de Psiquiatria do Desenvolvimento (INPD).

Segundo o pesquisador, a genética é importante para prever certos efeitos colaterais causados por medicações e para determinar a dose ideal delas. A Síndrome de Stevens-Johnson é um exemplo de reação adversa a alguns remédios. Apesar de rara, essa reação alérgica é grave, mas pode ser prevenida por meio de exames que determinam a sensibilidade do paciente aos compostos que desencadeiam a síndrome.

A agranulocitose associada ao uso de clozapina também foi mencionada por McCracken, que afirma que a chamada CIA (Clozapine Induced Agranulocytosis, em inglês) pode ser evitada por meio da investigação genética. Ele acredita que no futuro a genética pode contribuir para a determinação do melhor tratamento para cada indivíduo.

Membro de diversas associações, como a American Psychiatric Association (APA), o professor já havia visitado o Brasil antes em 2012 com o objetivo de estabelecer programas de intercâmbio para residentes e alunos de pós-graduacao a partir de pesquisas em comum entre UCLA e USP.

Confira abaixo o link para uma entrevista com McCracken, concedida durante sua visita ao país:

http://www.youtube.com/watch?v=4oSixlEtfEc

Imagens: João Miguel Neves Filho

Entrevista, tradução e edição: Victória Cirino